terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Eu peco sim, e vou vivendo...

Partilhar
Qual é a graça da vida sem um deslize? Começo o texto com essa pergunta, já que é isso que pecados significam para mim: deslizes que, em dose certa, dão certa graça a nossas vidas. Sempre rejeitei uma noção de vida certinha e totalmente alheia a maus elementos, por achar que a emoção característica dos sentimentos e escolhas incertas tem todo um charme especial!
Além disso, pecados não deveriam ter esse tom tão desprezível, pois são, na verdade, necessários. Como assim? Bem, quem nunca perdeu uma aula importante por causa da preguiça de acordar de manhãzinha, e depois se arrependeu ao ponto de melhorar seus hábitos matutinos, que atire a primeira pedra. E que atire a segunda quem nunca tacou a primeira pedra com toda a força da ira, mas viu que a violência não resolve nada e mudou seus valores. Enfim, eu poderia filosofar e divagar por horas a fio sobre as delícias e as dores de ser um pecador. Mas não creio que chegaria a resposta da pergunta chave desse texto. Então, qual é o meu pecado favorito? Acho que é admitir meu lado pecador e curtir a vida no melhor estilo “aprendendo com os erros e melhorando a cada dia”. E principalmente, sendo muito feliz, mesmo com uma gula aqui, uma vaidade ali. Eu peco sim, e vou vivendo. Tem gente que não peca e está sofrendo, né?
Partilhar

4 comentários:

▀█ Camila Siqueira ♣ disse...

Pecar faz parte do ser humano,não tem como não cometer nenhum deles!
eu peco sim e não me faço de santa como diz um frase sabia não existe paraíso sem um pouco de inferno!

Fraan disse...

é,eu tambem peco. É assim que a gente aprende. é assim que a gente vive.
Mas meu pecado favorito é a preguiça,não vou mentir.
Beijo ;*

Tailany Silva disse...

Pecado é para ser apreciado com moderação. Perfeito o texto!
:)

Mary West disse...

Pecar sem se sentir meio mal com isso é uma verdadeira arte. A vida é muito curta para ficarmos tão estressados com essas coisas. :D